Home / Economia / Chavismo pede apoio a toda América Latina frente as ameaças de Trump

Chavismo pede apoio a toda América Latina frente as ameaças de Trump

A reação oficial do regime de Nicolás Maduro chegou quase dezoito  horas depois de o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçar a Venezuela com uma intervenção militar. O chanceler Jorge Arreaza leu um comunicado na Casa Amarela, a sede da diplomacia venezuelana, que estende a advertência de Washington à América Latina e ao Caribe. “Seria alterada permanentemente a estabilidade, a paz e a segurança de nossa região, declarada como zona de paz pelos 33 membros da Comunidade de Estados Latino-Americanos e do Caribe [Celac] no ano de 2014”, afirmou o responsável pelas relações externas venezuelanas.

Seguir leyendo.

About Alfredo Meza